”Aumento do Auxílio Brasil vai aquecer a economia”, diz Roma

Foto: Max Haack

O pré-candidato a governador da Bahia, ex-ministro da Cidadania e deputado federal, João Roma (PL), declarou que os benefícios da aprovação da PEC 15 não alcançarão apenas quem recebe o Auxílio Brasil, que passa de R$ 400 para R$ 600, ou o Auxílio-Gás com novo valor de R$ 120, agora mensal. “Toda a sociedade ganha com isso, pois estes recursos circulando aquecem toda a economia”, disse Roma, em entrevista à Rádio Betânia FM, de Paulo Afonso.

O ex-ministro da Cidadania ainda propôs uma reflexão durante a entrevista: “quem é realmente o presidente que ajuda os mais necessitados?”. João Roma salientou que o presidente da República Jair Bolsonaro (PL), que apoia a candidatura dele a governador da Bahia, foi quem realmente buscou mecanismos para garantir à população vias para melhorar de vida.

O pré-candidato do PL pontuou que, além de triplicar os recursos para os programas de transferência de renda, o presidente Bolsonaro criou caminhos para que os cidadãos beneficiados tenham estímulo para procurar emprego. “Diferentemente do Bolsa Família, que pagava em média R$ 189 reais mensais, com o Auxílio Brasil o cidadão que inicia um trabalho com carteira assinada tem ainda dois anos garantidos de benefício e um abono de mais R$ 200”, disse o pré-candidato. A PEC 15 também estabeleceu benefícios para transportadores autônomos (caminhoneiros) e taxistas.

Ao ser questionado sobre as propostas para melhorar as condições para a agricultura irrigada em Paulo Afonso, Roma primeiro destacou que, diferentemente dos outros candidatos a governador, ele conhece de perto o tema. “Os outros candidatos veem isso em relatório. Eu sou irrigante, tenho afinidade com o tema e sei onde o calo aperta”, disse João Roma. Ele lembrou que já foi contratado o projeto executivo para a construção do Canal do Sertão Baiano, que corresponderá a um sexto trecho da transposição do Rio São Francisco.

Roma disse que essa obra, que deve ser iniciada em seis meses, será um verdadeiro divisor de águas para a economia do interior baiano e dará condições muito melhores para quem produz em terras baianas. “No Governo do Estado da Bahia, nós vamos fortalecer essas ações que já vêm do governo federal para a Bahia”, garantiu Roma, se for eleito. Ele destacou que essas tecnologias de irrigação já são dominadas pelo agronegócio e também por pequenos produtores; o que faltava era o investimento em infraestrutura para levar essa água ao interior baiano.

O pré-candidato a governador vai a Vitória da Conquista, na noite desta quinta-feira (14), discutir com representantes da sociedade civil os pontos essenciais para o desenvolvimento da região. O encontro será realizado no Centro, na sede da seccional da OAB, às 18h.

Participe os grupos dos WhatsApp e Telegram de João Roma.

Acompanhe nosso mandato:Fique por dentro dos detalhes do nosso mandato, da nossa luta pela Bahia, e esteja sempre bem informado sobre as novidades do Congresso Nacional.