Roma desmente fake news: “Auxílio Brasil é permanente”

Foto: Julio Dutra

O pré-candidato a governador da Bahia, deputado federal João Rom (PL), garantiu que o Auxílio Brasil não vai acabar este ano, como vem sendo propagado por adversários políticos. “Isso é fake news”, afirmou o ex-ministro, considerado o pai do Auxílio Brasil em entrevista hoje à rádio Top, de Jaguarari, norte da Bahia.

Segundo Roma, o Auxílio Brasil é um programa social permanente de transferência de renda. Está previsto na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) do ano que vem, a ser encaminhada ao Congresso.

O apresentador da emissora, Carlos Roberto, fez questão de perguntar sobre o assunto ao parlamentar, porque na região norte da Bahia circula o boato que o Auxílio Brasil só vale até o final deste ano. Para Roma, o fake news, espalhado por adversários, segue a mesma linha do que falavam na campanha de 2018 sobre o Bolsa Família.

“Diziam que, se Bolsonaro fosse eleito, ele acabaria o Bolsa Família. E a verdade foi que, eleito, ele fez algo melhor. Substituiu o Bolsa Família pelo Auxílio Brasil, acabando com a fila, ampliando o número de beneficiários e mais do que dobrou o valor destinado às pessoas necessitadas, que hoje ganham R$ 400 mensalmente”, explicou o parlamentar.

Roma destacou ainda que não houve só o aumento do valor, mas o beneficiário agora não perde mais o benefício no caso de ter a carteira de trabalho assinada. “Muito pelo contrário. Ele permanece por dois anos recebendo o auxílio de R$ 400 e mais R$ 200 reais, perfazendo, no caso de ganhar um salário mínimo, uma receita de R$ 1.800”, disse.

Participe os grupos dos WhatsApp e Telegram de João Roma.

Acompanhe nosso mandato:Fique por dentro dos detalhes do nosso mandato, da nossa luta pela Bahia, e esteja sempre bem informado sobre as novidades do Congresso Nacional.