Câmara lança Frente Parlamentar em Defesa da Saúde Preventiva

De acordo com o último censo da Organização Mundial da Saúde, as DCNTs são responsáveis por 73% das mortes no país.

O deputado federal João Roma (PRB/BA), vice-presidente da Frente Parlamentar participa de lançamento na Câmara dos Deputados.
O deputado federal João Roma (PRB/BA), vice-presidente da Frente Parlamentar participa de lançamento na Câmara dos Deputados.

A Câmara dos Deputados lançou nesta quinta-feira (11) a Frente Parlamentar em Defesa da Saúde Preventiva, iniciativa que aproxima o poder legislativo da população para debater políticas de prevenção às Doenças Crônicas Não Transmissíveis (DCNTs), responsáveis pela maioria das mortes no Brasil e no mundo.

Entre os fatores mais comuns que estimulam as causas das DCNTs estão: o tabagismo, alcoolismo, sedentarismo e a alimentação não saudável. A principal proposta da frente é fortalecer e aprimorar ações de prevenção e controle das doenças crônicas, assegurando o desenvolvimento social, econômico e ambiental no Brasil. Para isso, uma agenda de atividades irá debater ao longo do ano, medidas e políticas públicas que promovam a qualidade de vida da população brasileira e a redução das estatísticas de mortalidade por esta causa.

O deputado federal João Roma (PRB/BA), vice-presidente da frente, falou sobre a importância do parlamento se dedicar a uma causa tão importante como esta: “Sem dúvidas é uma pauta fundamental, que merece a dedicação deste parlamento, e eu acredito que são passos como este que ficarão marcados na política pública brasileira como um importante legado para a melhoria da qualidade de vida das futuras gerações”, afirmou.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*