Em audiência com Paulo Guedes, João Roma diz que criação de novo imposto “é agenda superada”

Foto: Douglas Gomes (Republicanos)

O deputado federal João Roma (Republicanos) afirmou nesta quarta-feira (5), durante audiência pública da comissão mista que analisa a reforma tributária, que a criação de um novo imposto é “agenda superada” no Brasil. No encontro, que teve a participação do ministro da Economia, Paulo Guedes, o parlamentar baiano destacou que é necessário que se esgotem todas as possibilidades antes de se pensar em novo tributo.

Participando da reunião por videoconferência, o deputado frisou que a reforma precisa, antes de tudo, de “anuência do pagador de imposto”. “Tenho certeza, ministro, que essa agenda, a criação de um imposto que pese mais no pobre, uma vez que ele é injusto, como a CPMF ou algo parecido, é uma agenda superada. Então, espero que o senhor receba nosso apelo para tentar abordar todas as possibilidades antes de insistir numa tecla como essa”, disse.

“O que nós precisamos, sim, ministro, e o soa como música quando o senhor comenta, é desse novo Brasil, um Brasil mais modernizado, simplificado, transparente, que de fato possa promover uma verdadeira justiça, não só social, como também fiscal”, complementou Roma.

Para o deputado baiano, tanto o Congresso quanto o governo devem estar atentos a todas as possibilidades de se construir uma reforma ampla e simplificadora, que não aumente a carga tributária. “Precisamos ter clareza de uma reforma realmente ampla, e não ficar amarrados a penduricalhos. E precisamos que o senhor perceba essa visão e entenda a vontade do povo brasileiro em avançar nisso e ter essa reforma como uma impulsionadora da retomada do desenvolvimento do Brasil e do aquecimento da nossa economia”, destacou.

Acompanhe nosso mandato:Fique por dentro dos detalhes do nosso mandato, da nossa luta pela Bahia, e esteja sempre bem informado sobre as novidades do Congresso Nacional.