João Roma diz que três parcelas restantes do Auxílio Emergencial representam incremento de R$ 20 bilhões

O ministro da Cidadania, João Roma, participou nesta quinta-feira (12) do anúncio feito pelo presidente Jair Bolsonaro do calendário do Auxílio Emergencial até outubro, com mais três parcelas. Segundo o ministro, essa prorrogação do benefício representa um incremento de R$ 20 bilhões pagos aos beneficiários. A partir de novembro, a população mais vulnerável passará a contar com o Auxílio Brasil, novo programa social do governo Bolsonaro.

“É um programa social integrado, robusto, para que possa não apenas oferecer uma teia de proteção para a população em situação de vulnerabilidade, mas também ofereça trilhas de emancipação para que o cidadão consiga cada vez mais alcançar uma melhor qualidade de vida para sua família”, frisou o ministro.

Roma destacou a sensibilidade do presidente Bolsonaro devido à atenção com o sofrimento da população. “Pessoas que muitas vezes foram impedidas de ganhar o sustento de suas famílias. Dessa forma nós prorrogamos por três meses o Auxílio Emergencial divulgando agora o calendário. Teremos, portanto, a quinta, a sexta e a sétima parcelas do auxílio”, disse.

Roma voltou a destacar que, somente no ano passado, foram mais de R$ 294 bilhões destinados ao Auxílio Emergencial, o que corresponde a mais de 13 anos de execução do Bolsa Família. Em 2021, na primeira etapa do benefício, foram disponibilizados R$ 44 bilhões, além dos mais de R$ 20 bilhões para as três próximas parcelas.

Sobre a opção de microcrédito prevista no Auxílio Brasil, Roma destacou que o objetivo é disponibilizar para a população o acesso a recursos com juros mais baratos. “O que nós estamos buscando é oferecer para toda essa parcela da população mais acesso a sua cidadania plena e a conquista também de sua bancarização, de ter acesso a um recurso mais baixo. É fundamental para que elas possam superar os seus dilemas sociais e alcançar uma melhor qualidade de vida”, salientou.

Acompanhe nosso mandato:Fique por dentro dos detalhes do nosso mandato, da nossa luta pela Bahia, e esteja sempre bem informado sobre as novidades do Congresso Nacional.