Roma garante ciclofaixa na Itabuna-Ilhéus e rodoanel de Feira

Foto: Max Haack

O pré-candidato a governador da Bahia, ex-ministro da Cidadania e deputado federal, João Roma, garantiu que será implantada a ciclofaixa na rodovia Jorge Amado, que liga Itabuna a Ilhéus. “O projeto está sendo desenvolvido para a implantação da ciclofaixa em pouco tempo”, afirmou Roma em entrevista ao programa Frequência Política, transmitido em rede pela Interativa FM e Rádio Difusora de Itabuna, neste sábado (23).

Para Roma, que esteve na localidade com o então ministro de Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, vistoriando a ampliação da rodovia, o
trânsito entre as duas importantes cidades do Sul da Bahia já está muito melhor do que antes. “O povo de Itabuna e Ilhéus vivia da promessa do PT. Precisou Bolsonaro chegar para a solução também chegar”.

O pré-candidato bolsonarista aproveitou para informar que, na próxima segunda-feira, estará com o novo ministro da Infraestrutura, Marcelo Sampaio, vistoriando as obras do rodoanel de Feira de Santana. “Essa é outra obra importante na Bahia que o presidente Bolsonaro está tirando da gaveta e executando de verdade. Não vai ficar mais na propaganda do PT”.

O partido que tem como pré-candidato ao governo da Bahia, o pior secretário de educação do Brasil, segundo João Roma, em décadas de poder, deixou de legado aos baianos verdadeiros monumentos ao descaso. “Tendo o presidente e o governador, o PT não duplicou os trechos baianos das BRs 101 e 116 nem botou a Fiol nos trilhos, imprescindíveis ações para o desenvolvimento social e econômico de nosso estado”.

Roma reiterou o compromisso do presidente Bolsonaro na busca da reparação histórica com os produtores de cacau endividados. “Os cacauicultores foram vítimas de desmandos e o presidente com o ministério da Agricultura está buscando uma solução para que a vocação agrícola da região avance”.

Em Teofilândia, participando das comemorações do aniversário, de onde concedeu a entrevista por telefone, o ex-ministro da Cidadania destacou ainda o trabalho social do governo Bolsonaro na Bahia, estado onde há mais beneficiários do Auxílio Brasil.

“São mais de duas milhões de famílias baianas que recebem todo mês um mínimo de R$ 400 para sobreviver à falta de oportunidades legadas pelo governo petista”, asseverou Roma.

Segundo o ex-ministro da Cidadania, na Bahia, há mais gente recebendo o Auxílio Brasil que com carteira assinada. “De mãos dadas com o Brasil, vamos criar condições para atrair novos investimentos e dar um novo futuro à Bahia, com mais emprego, saúde, segurança e educação”, disse Roma, que, na tarde deste sábado, esteve em Candeal, também comemorando o aniversário da cidade.

Acompanhe nosso mandato:Fique por dentro dos detalhes do nosso mandato, da nossa luta pela Bahia, e esteja sempre bem informado sobre as novidades do Congresso Nacional.