Com Bolsonaro, João Roma participa na Itália de homenagem a soldados brasileiros mortos na Segunda Guerra

Foto: Divulgação

O ministro da Cidadania, João Roma, participou nesta terça-feira (2) de uma homenagem, comandada pelo presidente Jair Bolsonaro, aos soldados brasileiros mortos na Segunda Guerra Mundial, em Pistoia, na Itália. Na cidade foram enterrados os corpos dos brasileiros. Bolsonaro e sua comitiva foram ao país europeu para participar de encontro da cúpula do G20, grupo formado pelas 20 maiores economias do mundo.14

“Junto com o presidente Jair Bolsonaro em uma importante homenagem nesse dia de finados, aos 465 pracinhas brasileiros que morreram durante a Segunda Guerra Mundial e foram enterrados aqui na cidade de Pistoia, na Itália. Uma forma simbólica de lembrar e agradecer a esses guerreiros que lutaram bravamente e honraram as cores da nossa bandeira”, disse Roma, em suas redes sociais.

Esta foi a primeira vez que um presidente presta uma homenagem em Pistoia, localizada na região da Toscana, aos combatentes brasileiros mortos na guerra.

Roma também visitou, com Bolsonaro e a comitiva, a Basílica de Santo Antônio em Pádua. Considerada uma das maiores igrejas do mundo, a basílica teve sua construção iniciada em 1232 e recebe anualmente mais de 6 milhões de visitantes. A primeira grande reforma da igreja, concluída em 1310, teve a participação do pintor Giotto, considerado o primeiro expoente da Pintura Renascentista. No local está a tumba de Santo Antônio.

Acompanhe nosso mandato:Fique por dentro dos detalhes do nosso mandato, da nossa luta pela Bahia, e esteja sempre bem informado sobre as novidades do Congresso Nacional.