“É preciso defender a inclusão e promover o respeito”, diz João Roma em lançamento de materiais pedagógicos para pessoas com TEA

Foto: André Carvalho

O deputado federal João Roma (Republicanos/BA) participou nesta segunda-feira (09) do lançamento do material pedagógico de referência para atender as pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA), em Salvador, e afirmou que é preciso defender a inclusão e promover o respeito. A nova metodologia deverá ser adotada a partir de 2020 nas escolas para dar suporte no aprendizado e qualificar o ensino para os portadores de TEA na capital baiana.

Além do deputado, estiveram presentes no evento o vice-prefeito Bruno Reis, o secretário municipal de Educação, Bruno Barral, a secretária municipal de Promoção Social e Combate à Pobreza, Ana Paula Matos, e o cantor e compositor Felipe Escandurras, pai de uma criança autista e apoiador da Associação.

“Defender a inclusão e promover o respeito é uma das bandeiras que empunho não só na minha atividade parlamentar, mas também na minha vida pessoal. Iniciativas como a AMA são motivo de orgulho para a Bahia e inspiração para o Brasil. Sou engajado em causas importantes como esta e me dedico a estimular e apoiar a promoção de políticas públicas inclusivas, no sentido de garantir a dignidade e qualidade de vida das pessoas com limitações”, disse Roma.

A presidente da AMA-BA, Rita Brasil, comentou o evento de lançamento dos novos materiais: “é um abraço que nós damos no processo de inclusão, apresentando o nosso trabalho e a nossa metodologia”. Para o vice-presidente da associação, Leonardo Martinez, a ocasião marca um dia muito importante não só para a instituição, mas para a causa dos TEA.

No início de 2020 a AMA-BA irá promover o congresso internacional intitulado “Bahia de Todos os TEA” que irá reunir pais e familiares de autistas, estudantes de Psicologia, Medicina, terapeutas, psicólogos, fonoaudiólogos, pedagogos, educadores, psicopedagogos, médicos e pessoas interessadas na causa para ampliar o debate sobre questões urgentes do universo do autismo. O evento acontecerá nos dias 09 e 10 de janeiro de 2020, em Salvador e contará com um elenco diverso de especialistas de todo o mundo.

Sobre a AMA
A AMA – BA iniciou suas atividades em março de 2003, em uma casa alugada, por meio de uma parceria firmada com a Petrobrás e convênio com o estado e prefeitura de Salvador. Apesar das dificuldades e da instituição quase ter fechado em dois momentos, o apoio do setor público e da sociedade foi fundamental para que isso não acontecesse. No ano de 2014, o prefeito ACM Neto aprovou decreto municipal que garantiu para a AMA-BA a devolução do terreno para a construção da sua sede própria.

Atualmente, a instituição realiza mais de 200 atendimentos por mês e proporciona Atendimento Educacional Especializado (AEE) com uma equipe profissional multidiciplinar que conta com pedagogos, psicopedagogos, educadores físicos e psicomotristas (cedidos pelo Estado e Prefeitura), além de profissionais de saúde por meio de colaboração da Faculdade Baiana de Medicina.