Em Natal, João Roma entrega Estação Cidadania e destaca “menos Brasília e mais Brasil”

Foto: Julio Dutra

O ministro da Cidadania, João Roma, entregou nesta sexta-feira (3) uma Estação Cidadania em Natal, capital do Rio Grande do Norte. O equipamento é fruto de parceria entre a prefeitura da capital potiguar e o governo federal, com investimento total de cerca de R$4,2 milhões. Participaram do ato os ministros Fábio Faria (Comunicações) e Rogério Marinho (Desenvolvimento Regional), e o prefeito de Natal, Álvaro Dias, entre outras autoridades.

“Quem sabe um dia não vai ter aqui um potiguar levantando mais uma vez uma medalha olímpica pra orgulhar todos os brasileiros? E quem não se emociona quando vê a bandeirinha tremulando lá e dizendo ‘é ouro do Brasil’? Mas isso começa aqui, começa lá embaixo, quando a criança está ali tendo uma vocação e às vezes não tem um equipamento, às vezes não tem uma orientação de um profissional”, disse Roma.

Em seu discurso, o ministro voltou a destacar o lema “menos Brasília e mais Brasil” pregado no governo do presidente Jair Bolsonaro. “É isso que nós estamos fazendo no governo Bolsonaro, que veio justamente pra levar para as pessoas que ‘olha, não é pra olhar para o umbigo não, é menos Brasília e mais Brasil”, salientou.

João Roma também ressaltou a responsabilidade do Ministério da Cidadania com a segurança alimentar e nutricional no país. “Por isso que nós temos um empenho tão grande em tratar de uma questão que já devia ser superada. Não são bandeiras de governo, de estado, mas é uma questão civilizatória. Esse Brasil nosso, que produz alimento a mais de um bilhão de pessoas do mundo, que desperdiça mais de 30% de tudo que se produz aqui, como é que ainda tem gente passando fome nesse Brasil?”, questionou, ao ressaltar que o governo federal tem buscado ações para reduzir a burocracia e garantir que a comida chegue na casa das pessoas.

Ele ainda homenageou o ex-vereador e advogado Ney Lopes Júnior, que faleceu na última terça-feira (30). Roma lembrou que Ney foi um dos fundadores, ao seu lado, do PFL Jovem e foi secretário geral do organismo partidário. “Foi um jovem de muito valor, generoso, inteligente, que viveu muitos momentos comigo, fez muito pelo nosso Brasil, fez muito por Natal, orgulhava a todos nós. Era uma pessoa de fato capaz de muita generosidade, porque ele chegava até a renunciar a posições pela questão do coletivo. E essa semana, para nossa tristeza, nós tivemos a notícia da morte dele”, lamentou.

Acompanhe nosso mandato:Fique por dentro dos detalhes do nosso mandato, da nossa luta pela Bahia, e esteja sempre bem informado sobre as novidades do Congresso Nacional.