“Eu sou o único opositor ao governo petista do estado”, diz Roma à Veja

Pré-candidato ao governo da Bahia, o deputado federal João Roma (PL), descarta a possibilidade de ser a terceira via na corrida ao Palácio de Ondina.

Em entrevista às páginas amarelas da revista Veja, desta semana, o recém desincompatibilizado ministro da Cidadania considera que a polarização nacional entre Bolsonaro e Lula se reproduzirá na disputa eleitoral baiana e afirma: “Eu sou o único opositor ao governo petista do estado”.

Para Roma, ACM Neto, como o próprio ex-prefeito de Salvador já admitiu, não é adversário de Lula. “O plano dele não é se opor ao PT. Ele está se matando, deixando o papel de liderança e fazendo o pior caminho da política”, disse à Veja.

Na opinião do pré-candidato bolsonarista, Neto se sustenta na falácia de que o atual presidente da República tem mais de 60% de rejeição no estado. “(O resultado das pesquisas) é apenas a fotografia do momento e pode mudar”.

E já está mudando, na avaliação do deputado liberal, que percebe a mudança nas pesquisas mais recente, mas também nas viagens ao interior, onde a aprovação ao presidente Bolsonaro é crescente.

Neste sábado (02/04), ao lado da pré-candidata ao Senado, Raíssa Soares(PL), Roma estará em Jequié e Ipiaú. Na Cidade Sol, no Sudoeste Baiano, pela manhã, João Roma participa do ato de filiação de James Meira ao Partido Liberal (PL).

Pré-candidato a deputado estadual, Meira teve um excelente desempenho na eleição municipal de 2020. Perdeu a prefeitura por uma pequena margem de votos para um adversário, Zé Cocá, que teve apoio do governador Rui Costa e de aliados de ACM Neto.

À tarde, Roma estará em Ipiaú, onde almoça com cacauicultores e se encontra com lideranças locais, além de visitar a Fundação Casa Deraldina do Amparo, conhecida como Abrigo dos Velhos de Margareth.

Acompanhe nosso mandato:Fique por dentro dos detalhes do nosso mandato, da nossa luta pela Bahia, e esteja sempre bem informado sobre as novidades do Congresso Nacional.