João Roma volta ao Congresso Nacional após comandar o Ministério da Cidadania e criar o Auxílio Brasil

Desde 24 de fevereiro de 2021 à frente do Ministério da Cidadania, João Roma deixou o cargo na manhã desta quinta-feira (31) para reassumir o mandato de deputado federal. Durante a cerimônia de posse do novo ministro, Ronaldo Bento, no Palácio do Planalto, João Roma fez uma homenagem aos servidores da pasta e do Governo Federal, além de agradecer a confiança do presidente Jair Bolsonaro e o apoio dos colegas parlamentares.


“Quero agradecer a todos os servidores do Ministério da Cidadania, a toda a equipe do Governo Jair Bolsonaro pela acolhida e pelo incentivo e a todos os meus colegas congressistas, porque sou deputado federal com muito orgulho e prezo por jamais decepcionar o povo baiano, que me trouxe a Brasília para ser a voz dos mais necessitados. Agradeço em especial ao presidente Bolsonaro”, disse o ex-ministro, que vai concorrer ao governo da Bahia nas eleições de outubro pelo Partido Liberal (PL).

João Roma se emocionou ao recordar as pessoas que o apoiaram na vida pública, em especial sua mãe, Graça Violland, que faleceu em maio do ano passado: “Lembro, um ano atrás, quando tomei posse, de sua alegria, quando fiz referência a ela e agradeci a todo ensinamento e ao exemplo que ela me deu pelo gosto ao trabalho. Naquele dia da posse, quando falei com minha mãe ao telefone, ela disse: ‘Parabéns, meu filho! Essa é a sua vocação. Você nasceu para isso”.


Ex-chefe da Assessoria de Assuntos Estratégicos do Ministério da Cidadania, Ronaldo Bento, 45 anos, é o novo ministro da Cidadania. Natural de Salvador (BA), casado e pai de três filhos, o novo ministro é mestre em Direito, servidor público de carreira, policial federal e 1º Tenente da reserva do Exército Brasileiro.


João Roma fez questão de elogiar o sucessor: “Parabéns, Ronaldo Bento! Você orgulha a toda força policial do nosso país, em especial, à Polícia Federal, e saberá conduzir a nossa equipe com todo esmero, para que cada vez mais a ação do Estado brasileiro cumpra a máxima dita pelo presidente Bolsonaro: ‘Menos Brasília e mais Brasil’”, destacou.


Ao retomar o mandato de deputado federal, João Roma disse que vai se empenhar, como sempre fez, para transformar a realidade do país, em especial a da Bahia: “Começo hoje, também, o meu caminho de construção de uma nova realidade para o povo baiano. Com todas as minhas forças, vou me dedicar a um projeto de transformação do nosso estado”.

Transmissão de cargo
O evento de transmissão de cargo, à tarde, no auditório do Ministério da Cidadania, foi acompanhado pelos secretários especiais e nacionais da pasta e contou com o agradecimento do ex-ministro João Roma. “Estar à frente do Ministério da Cidadania, braço social do governo Bolsonaro, em um momento como este que o mundo passou, sem dúvida foi o maior desafio que a vida pública me apresentou até então. Isso também mostrou que precisamos ter toda a dedicação, em especial para cuidar daquele mais necessitado. Isso mexeu comigo, me transformou enquanto cidadão”, contou.


Em um balanço da gestão assumida por ele em fevereiro do ano passado, João Roma destacou a criação do Auxílio Brasil, novo programa social do Governo Federal, que vai além da transferência de renda e busca a emancipação socioeconômica das famílias em situação de vulnerabilidade. “Na questão da inclusão social e produtiva, buscamos cada vez mais superar a questão da fome e criar os pilares para que a nossa sociedade consiga, em curto espaço de tempo, superar esse dilema, pois é inadmissível que no Brasil, país que abastece 20% da comida do planeta, ainda tenha gente passando fome”, ponderou o deputado.


João Roma lembrou o trabalho desenvolvido na prevenção ao uso de drogas e na reinserção social dos usuários. “Atuamos na parte de recuperação de dependentes químicos, abrindo espaço para que as comunidades terapêuticas pudessem participar do que é a sua vocação, de proteger as famílias brasileiras, que a cada dia são corroídas com o ataque das drogas em nossa sociedade”, afirmou.


“Na área do esporte, participamos dos Jogos em que o Brasil conquistou o maior número de medalhas, nas Olimpíadas e nas Paralimpíadas, mas os nossos principais recordes foram a entrega de infraestrutura, a concessão de Bolsa Atleta e Bolsa Pódio para a maior quantidade de atletas do Brasil na história, a prestação de contas da Lei de Incentivo e o apoio ao esporte de base”, avaliou o deputado João Roma.

Acompanhe nosso mandato:Fique por dentro dos detalhes do nosso mandato, da nossa luta pela Bahia, e esteja sempre bem informado sobre as novidades do Congresso Nacional.