João Roma busca votos em municípios próximos a Salvador

Pré-candidato a deputado federal, o chefe de gabinete da prefeitura de Salvador, João Roma (PRB), tem concentrado a busca de votos em municípios próximos à capital baiana.

João Roma durante propaganda eleitoral.
João Roma durante propaganda eleitoral.

Conforme apurou o bahia.ba, a estratégia do aliado do prefeito ACM Neto (DEM) é ter o apoio de vereadores e lideranças partidárias de determinadas cidades e de preferência perto de Salvador para ter, no entendimento dele, um mandato mais consistente.

Prefeitos e edis costumam cobrar a presença frequente de parlamentares nas cidades para demonstrar força política e conquistar verbas. Para evitar o desgaste com viagens durante o eventual mandato, Roma foca a caça de votos em cincos municípios. Dois ficam no Recôncavo baiano: Sapeaçu e Nazaré das Farinhas. Outra cidade é Vera Cruz, na ilha.

Dois municípios, no entanto, ficam mais distantes: Ipirá e Livramento de Nossa Senhora. Roma aposta, ainda, que pode conquistar alguns votinhos nas cidades de Itaparica, Cruz das Almas, Santo Antônio de Jesus e Conceição da Feira, as últimas também ficam no Recôncavo.

Apesar de ter o aval em poucas localidades, o aliado de Neto crê que é possível ser eleito. Para efeito de comparação, estima-se que deputados federais, como Paulo Azi e Elmar Nascimento, ambos do DEM, tenham o apoio de 40 cidades.

Parlamentares acreditam hoje que para chegar à Câmara dos Deputados são necessários 80 mil votos. O chefe de gabinete projeta que metade deve angariar em Salvador, onde fará dobradinha com o presidente da Câmara de Salvador, Leo Prates (DEM), que deve disputar uma vaga para Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA).

Além de Prates, Roma fará parcerias com outros vereadores da base do prefeito ACM Neto.

Texto: Bahia.ba

Matéria: https://bit.ly/2yIILuC

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*