João Roma comemora aumento do auxílio para mais pobres e defende medidas restritivas

Foto: Douglas Gomes (Republicanos)

O deputado federal João Roma (Republicanos-BA) classificou como uma importante vitória o aumento de 200% do auxílio emergencial para pessoas de baixa renda, entre elas vendedores ambulantes, aprovado na noite desta quinta-feira (26) pela Câmara dos Deputados. Inicialmente, o valor proposto pelo governo federal foi de R$ 200, mas após reivindicações, o Executivo aceitou elevar o benefício para R$ 600 – ou seja, o triplo do previsto. O texto ainda será apreciado pelo Senado antes de seguir para sanção presidencial.

Para Roma, o auxílio será uma importante ferramenta para ajudar as pessoas que mais precisam neste momento de crise do coronavírus. Contudo, o parlamentar alerta que é preciso que o estado brasileiro adote novas medidas de proteção social. “O aumento do benefício sem dúvida foi uma importante vitória, mas precisamos ir além. Sabemos que R$ 600 dará um suporte neste momento de dificuldade. Contudo, outras medidas de proteção precisam ser tomadas. A função primordial do estado é proteger o cidadão, especialmente aquele que mais precisa”, destacou.

Um ponto ressaltado pelo deputado é que mães que são chefe de família (família monoparental) poderão receber duas cotas, totalizando R$ 1,2 mil. Além disso, ele salienta que o auxílio vai beneficiar também os ambulantes, que poderão receber a partir de R$ 600.

“Desde a semana passada eles estão em contato comigo, muito angustiados. São pessoas que precisam vender o almoço para comprar o jantar, então é muito importante que haja atenção do poder público para garantir a essas pessoas alguma perspectiva de poderem sustentar suas famílias neste momento adverso que o país está vivendo”, complementou o parlamentar.

Acompanhe nosso mandato:Fique por dentro dos detalhes do nosso mandato, da nossa luta pela Bahia, e esteja sempre bem informado sobre as novidades do Congresso Nacional.