João Roma defende inclusão dos municípios em ajuda emergencial da União aos estados e critica bancos

Foto: Douglas Gomes (Republicanos)

O deputado federal João Roma (Republicanos) defendeu nesta quinta-feira (9) a inclusão dos municípios no projeto de socorro aos estados diante da pandemia de Covid-19. A proposta, que deve ser apreciada nesta quinta, recebeu mais de 100 emendas e prevê auxílio aos estados por meio da recomposição do ICMS e da abertura de linhas de financiamento.

“Vamos manter o diálogo. Existem pontos que precisamos avançar, inclusive alguns que apresentei em um debate com a Frente Nacional dos Prefeitos para que se tenha um olhar para as prefeituras brasileiras. São os municípios que enfrentam esse primeiro drama, e eles precisam dar o primeiro suporte para a população, especialmente para as pessoas mais carentes, com o funcionamento dos serviços”, afirmou Roma.

O parlamentar contou que tem mantido diálogo com o relator da matéria, o deputado Pedro Paulo (DEM-RJ). “É muito importante uma mobilização nacional para que consigamos avançar de forma harmônica, e o relator Pedro Paulo está fazendo um trabalho de harmonizar o tema”, disse.

O deputado baiano ainda criticou a postura do sistema bancário. “É muito importante, nesse momento em todos estão sendo impactados, sofrendo as mazelas desse transtorno, que todos deem sua cota de sacrifício e esforço pelo Brasil. É inadmissível que o sistema bancário não perceba e, ao invés disso, queira ampliar taxa de juros, num momento terrível que a nação tem enfrentado”, frisou.

Neste cenário, ele citou o exemplo de Salvador, onde não se encontra financiamento para que o sistema de ônibus continue operando suas atividades. Nesta quarta-feira (8), a prefeitura teve que comprar R$ 5 milhões em passagens para que o sistema não entre em colapso.

Acompanhe nosso mandato:Fique por dentro dos detalhes do nosso mandato, da nossa luta pela Bahia, e esteja sempre bem informado sobre as novidades do Congresso Nacional.