João Roma destaca aprovação pelo TCU de arrendamento no Porto de Aratu: “Importante na geração de empregos”

O deputado federal João Roma (Republicanos) afirmou nesta sexta-feira (7) que a aprovação, pelo Tribunal de Contas da União (TCU), dos projetos de arrendamento dos terminais ATU12 e ATU18, localizados no Porto de Aratu, vão potencializar a geração de empregos no Recôncavo da Bahia. As estimativas apontam que a operação vai gerar um investimento superior a R$ 400 milhões.

A expectativa é que sejam gerados mais se 7 mil empregos diretos e indiretos. “Essa aprovação pelo TCU viabiliza para que os dois terminais sejam leiloados ainda em 2020, o que vai gerar um investimento robusto no setor portuário baiano, além de ser importante na geração de emprego na região”, disse Roma, em participação na Rádio Sociedade.

Os benefícios, destaca o deputado, se estendem também à região do Subúrbio Ferroviário, em Salvador, e a todo o Recôncavo Baiano. “Esta é uma notícia positiva para a Bahia. Agora, com a decisão, o Ministério da Agricultura vai seguir para o arrendamento”, complementou.

O terminal ATU12 será destinado à movimentação de graneis minerais e terá contrato de 25 anos de duração, enquanto o ATU18, ao transporte de graneis vegetais e terá contrato de 15 anos. No primeiro, a expectativa é que sejam investidos R$ 294,5, com obras como construção de novo armazém e implantação de sistema para tratamento de efluentes líquidos do píer, incluindo drenagem.

No segundo, a previsão é de investimentos da ordem de R$ 119,8 milhões, com obras de construção de cinco novos silos de armazenagem; ampliação e alargamento da plataforma.

Acompanhe nosso mandato:Fique por dentro dos detalhes do nosso mandato, da nossa luta pela Bahia, e esteja sempre bem informado sobre as novidades do Congresso Nacional.