João Roma visita base do Brasil em Tóquio e se encontra com medalhista Daniel Cargnin

O ministro da Cidadania, João Roma, visitou nesta segunda-feira (26) a sede do Comitê Olímpico Brasileiro (COB) em Tóquio e encontrou com o judoca Daniel Cargnin, vencedor da medalha de bronze na modalidade. O ministro destacou a estrutura oferecida para os atletas que foram ao Japão representar o Brasil nas Olimpíadas.

“O Brasil tem uma das maiores delegações, com 302 atletas, e dispor de um ambiente como esse, com toda a estrutura, viabilizando inclusive uma melhor aclimatação dos atletas brasileiros aqui no Japão, sem dúvida nenhuma faz toda a diferença. Isso também contribui nessa grande trajetória que culmina com a conquista da medalha”, afirmou.

Ele também parabenizou o COB pela estrutura. “Quando observamos uma medalha sendo conquistada, vemos que também é uma conquista coletiva de todos aqueles que estão atuando nos bastidores. Foi muito bom esse momento de visitar as instalações, conversar com profissionais, verificar condições e encontrar alguns atletas, como o Daniel, nosso medalhista no judô. Mais de 80% dos atletas que estão aqui contam com apoio do Governo Federal, destacadamente o maior apoiador e patrocinador dos atletas brasileiros”, disse.

O ministro destacou ainda que a cooperação entre o COB e o Ministério da Cidadania tem se intensificado. “O Governo Federal tem sido o maior apoiador do esporte olímpico e paralímpico no Brasil, com R$ 745 milhões investidos por ano no esporte de alto rendimento por meio de programas como o Bolsa Atleta, a Bolsa Pódio, a Lei de Incentivo e a Lei das Loterias, e isso contribuiu de forma determinante para viabilizar a presença dos atletas brasileiros nas Olimpíadas”, ressaltou.

Apoio
Acompanhado pelo vice-presidente do COB, Marco Antônio La Porta, João Roma encontrou com Daniel Cargnin e destacou o programa Bolsa Atleta. O judoca é beneficiário do programa. “Esse ano conseguimos garantir o maior número de contemplados do Bolsa Atleta. São mais de sete mil atletas beneficiados”, afirmou o ministro.

Além dele, Roma se encontrou com os tenistas Marcelo Melo e Bruno Soares e com Renan Dal Zotto, técnico da Seleção masculina de vôlei. A visita foi acompanhada pelo embaixador do Brasil no Japão, Eduardo Saboia.

Na conversa com o ministro, os atletas falaram sobre como a Bolsa Atleta e a Bolsa Pódio tornaram-se fundamentais para o desenvolvimento de todos aqueles que se dedicam ao esporte no país. “O apoio para o atleta, não só o de alto rendimento, é essencial. Eu entrei muito cedo na Bolsa. Entrei na Estudantil, no início, então vivi uma evolução. E sempre me ajudou a me manter no judô. É bem difícil, mas com esse apoio eu me sentia tranquilo para poder treinar tranquilo”, disse Daniel Cargnin.

“O apoio é fundamental. Em todas as fases da nossa carreira é super importante. Todo mundo sabe a demanda de um atleta e sem o apoio é praticamente impossível você realizar alguma coisa. O mais importante disso aí é que tem que começar no início, tem que começar lá na base, na hora que o atleta está dando os primeiros passos, você tem que estar ali apoiando ele, dando o suporte, dando a estrutura, porque senão as adversidades vão ser ainda maiores”, acrescentou Bruno Soares.

Acompanhe nosso mandato:Fique por dentro dos detalhes do nosso mandato, da nossa luta pela Bahia, e esteja sempre bem informado sobre as novidades do Congresso Nacional.