“Poderosa ferramenta de transformação social”, diz João Roma sobre Programa Integra Brasil

Foto: Isac Nóbrega/PR

O ministro da Cidadania, João Roma, afirmou nesta quarta-feira (17) que o Programa Integra Brasil 2021 será uma “poderosa ferramenta de transformação social” para o país. A iniciativa foi instituída nesta quarta por meio de decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro em solenidade no Palácio do Planalto.

Além de Roma, a solenidade de assinatura contou com a presença da ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves; do ministro da Educação, Milton Ribeiro; do secretário Especial do Esporte do Ministério da Cidadania, Marcelo Magalhães; do secretário nacional de Futebol e Defesa dos Direitos do Torcedor, Ronaldo Lima; e do secretário Especial da Cultura, Mário Frias.

Além deles, também participaram o presidente da Confederação Brasileira de Futebol, Rogério Caboclo; o presidente da Confederação Brasileira do Desporto Escolar (CBDE), Antônio Hora Filho; o Secretário-Geral da CBF, Walter Feldman; o diretor de Sustentabilidade e Responsabilidade da CBF, Diogo Netto; entre outros representantes dos ministérios da Cidadania, Educação e da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos.

“É muito importante essa iniciativa envolvendo várias esferas de governo, os clubes, a CBF e a CBDE. Sem dúvidas, estamos falando de um programa que tem potencial de se tornar uma poderosa ferramenta de transformação social no Brasil”, ressaltou João Roma. “O Integra Brasil busca proporcionar às novas gerações e às nossas crianças noções básicas de direitos humanos, promovendo, por meio do esporte, um caminho virtuoso e que irá sensibilizar e esclarecer esses jovens com informações que são cruciais para que possamos ser efetivos e proporcionar de maneira mais saudável o crescimento e o desenvolvimento das futuras gerações”, prosseguiu o ministro da Cidadania.

A ação foi lançada em 2019 e executada em 2020 como projeto da Secretaria Nacional de Futebol e Defesa dos Direitos do Torcedor, da Secretaria Especial do Esporte do Ministério da Cidadania, em parceria com o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos e a Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

A partir de agora, a iniciativa, que visa uma série de ações sociais em torno dos direitos humanos tendo o futebol como catalizador, deixa de ter status ministerial para se tornar programa governamental. Com isso, ganha mais força em sua atuação.

Além do decreto, foram assinados dois Acordos de Cooperação Técnica entre o Ministério da Cidadania, o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos e o Ministério da Educação com a Confederação Brasileira de Futebol e a Confederação Brasileira de Desporto Escolar. Os acordos visam a implementação de ações conjuntas que promovam os direitos humanos e a defesa dos direitos do torcedor por meio de todas as modalidades do futebol.

Programa
Lançado em 2019 e executado em 2020 como projeto idealizado pela Secretaria Nacional de Futebol e Defesa dos Direitos do Torcedor, da Secretaria Especial do Esporte do Ministério da Cidadania, em parceria com o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humano e a Confederação Brasileira de Futebol, o Integra Brasil ganhou em 2021 dois novos parceiros: o Ministério da Educação e a Confederação Brasileira do Desporto Escolar (CBDE). Assim, atuar na plataforma estudantil passou a ser um dos objetivos do projeto.

O Integra Brasil, que conta com o apoio de diversos clubes de futebol profissional, universidades e governos estaduais e municipais, tem como meta atuar em três frentes: a promoção dos direitos humanos e dos direitos do torcedor; a formulação de políticas públicas voltadas para a promoção do ensino fundamental e do ensino médio de atletas do futebol além da promoção da formação de professores e coordenadores pedagógicos das escolas de educação básica na área do desporto; e a promoção da educação antidopagem e dos valores do espírito esportivo em ambientes esportivos e escolares por meio de todas as modalidades do futebol.

Acompanhe nosso mandato:Fique por dentro dos detalhes do nosso mandato, da nossa luta pela Bahia, e esteja sempre bem informado sobre as novidades do Congresso Nacional.