Salvador receberá investimento de R$ 56 milhões no SUS

A liberação do recurso foi adquirida através da articulação do secretário titular da pasta, Luiz Antônio Galvão, com o Ministério da Saúde.

Deputado federal João Roma, ao lado do Ministro da Saúde, Henrique Mandetta e do Secretário Municipal de Saúde de Salvador, Luiz Galvão
Deputado federal João Roma, ao lado do Ministro da Saúde, Henrique Mandetta e do Secretário Municipal de Saúde de Salvador, Luiz Galvão

O Governo Federal, por meio da Comissão Intergestores Bipartite (CIB), liberou um subsídio de R$ 56 milhões para Prefeitura de Salvador. A resolução da Comissão foi publicada nesta quinta-feira (13) e o valor deverá ser investido na incrementação e ampliação dos serviços ambulatoriais e hospitalares de média e alta complexidade, ofertados pelo município.

A liberação do recurso foi adquirida através da articulação do secretário titular da pasta, Luiz Antônio Galvão, com o Ministério da Saúde. Em entrevista ao Jornal Correio, Galvão detalhou o investimento: “São recursos que nos ajudarão a continuar avançando na implantação de novas UPAs, como a que estamos construindo na Cidade Baixa, bem como custear os serviços que já estão em funcionamento. Trata-se de um aporte significativo que beneficiará diretamente os beneficiários do SUS residentes em nossa cidade”.

O deputado federal João Roma (PRB/BA) comentou a importância do investimento: “Sem dúvidas é um recurso fundamental para fortalecer a saúde do município, que vai qualificar ainda mais a nossa rede e ampliar a cobertura da atenção básica em Salvador. A garantia deste subsídio é uma grande conquista para a capital baiana e, claro, evidencia a competência e o compromisso da gestão do secretário Luiz Galvão à frente de uma pasta tão importante”, concluiu.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*