Em Goiás, João Roma entrega 22 veículos do MobSUAS e inaugura unidade do CRAS

O ministro da Cidadania, João Roma, entregou nesta sexta-feira (20), em Goiânia (Goiás), 22 veículos para a Estrutura de Mobilidade no Sistema Único de Assistência Social (MOBSUAS) do estado e inaugurou o Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) Bela Vista, na capital. Em seu discurso, Roma destacou o papel do Sistema Único de Assistência Social (SUAS).

“Assim como os profissionais de saúde, os profissionais do SUAS atuaram de maneira heroica no enfrentamento da pandemia, exercendo suas funções em contato com essa população que sofria muito mais, pois nós sabemos que todos sofreram com essa pandemia, mas de sofrimento nós sabemos que existem aqueles que sofrem muito mais, em especial me refiro aos brasileiros e brasileiras em situação de vulnerabilidade. Muita gente se encontrava em situação de desespero, porque sequer tem o que comer. Pais e mães de família que muitas vezes foram impedidos até de correr atrás do sustento das famílias”, disse.

Entre os veículos, serão 18 carros e 4 micro-ônibus destinados a Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) e Centros de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS). O total do investimento ultrapassa R$ 2 milhões. Ao todo, 16 municípios serão beneficiados são: Jussara, Alto Horizonte, Aparecida de Goiânia, Cabeceiras, Campinorte, Flores de Goiás, Lagoa Santa, Nerópolis, Nova Glória, Novo Gama, Pirenópolis, São João da Paraúna, São João D’Aliança, Silvânia, São Miguel do Araguaia e Silvânia.

A Estação da Cidadania está localizada na Pracinha da Cultura, em Goiânia. O projeto de infraestrutura esportiva do Ministério contempla até 13 modalidades olímpicas, 6 modalidades paralímpicas e 1 não olímpica, e tem capacidade para atender entre 500 a 1.000 pessoas. Um dos veículo entregues foi para a Casa de Eurípides, entidade que atua na redução da demanda de drogas.

João Roma ainda destacou o trabalho do governo federal para dar suporte aos brasileiros que mais precisam. Frisou que, só no ano passado, o governo do presidente Jair Bolsonaro pagou R$ 294 milhões às pessoas que mais precisam por meio do Auxílio Emergencial, o que equivale a mais de 13 anos de execução do programa Bolsa Família. Em Goiânia, foram quase 500 mil beneficiados, com investimento em torno de R$ 2 bilhões.

Ele falou também sobre o trabalho de reformulação dos programas sociais, com a criação do Auxílio Brasil, que irá substituir o Bolsa Família. “Nós buscamos ir além de uma rede de assistência a essas pessoas necessitadas. Nós buscamos ofertar trilhas de emancipação para essas pessoas, de forma que elas tenham a oportunidade, pois cada brasileiro tem que ter o direito de transformar sua própria realidade. O que nós visamos, portanto, com a reestruturação desse programa, é que cada vez mais as pessoas possam galgar melhor qualidade de vida para si e sua família”, afirmou.

A execução do Auxílio Brasil deverá começar a partir de novembro desse ano. “Certamente será um grande avanço quesito da assistência social em todo o Brasil para que a gente atue indo além de uma rede de proteção social para aquela população em situação de vulnerabilidade, para aqueles que estão na pobreza ou na extrema pobreza, para que a gente possa entregar a essas pessoas a possibilidade de transformar a realidade em que se encontra”, disse.

Ele voltou a ressaltar ainda o momento de cooperação. “O que orgulha mais ainda ser brasileiro é saber que nós vivemos numa democracia, onde nós podemos contar com valorosos homens públicos que possam cada vez mais cooperar em benefício da população, cada um ao seu modo. Cabe a cada um de nós marcar sua caminhada nessa existência, mas cabe a cada um de nós também respeitar o direito do próximo. Cabe a cada um de nós saber que essa é uma nação plural e nós temos valores que estão nos nossos corações e valores que são garantidos pela nossa Constituição, como a liberdade, como o direito de ir e vir, como respeito ao próximo”, disse.

João Roma também destacou seu orgulho por integrar o governo Bolsonaro. “Tenho muito orgulho de fazer parte do governo Bolsonaro, com o presidente que não liga pra tratar de assuntos menores, um presidente que dá respaldo ao nosso trabalho, de forma pragmática, o presidente que consegue, em meio a tantos ataques, continuar sendo um líder político que encontra até bom humor em alguns momentos de dificuldade”, afirmou.

Acompanhe nosso mandato:Fique por dentro dos detalhes do nosso mandato, da nossa luta pela Bahia, e esteja sempre bem informado sobre as novidades do Congresso Nacional.