Em Salvador, João Roma promove encontro com deputados que integram a comissão que analisa o marco legal das startups

Foto: Julio Dutra

O deputado federal João Roma (Republicanos/BA) realiza nesta quarta-feira (15), em Salvador, um encontro com membros da comissão especial da Câmara que analisa o marco legal das startups, da qual o parlamentar baiano é presidente. Nomes como os deputados JHC (PSB/AL) e Vinicius Poit (NOVO/SP), respectivamente autor e relator do projeto na comissão, já confirmaram presença no evento. O objetivo do encontro é apresentar ao colegiado toda a estrutura que Salvador oferece para estimular a criação dessas empresas habilitadas a desenvolver produtos ou serviços a partir de um modelo de negócio inovador, de base tecnológica e com potencial de rápido crescimento.

Roma participou da implementação de projetos importantes da gestão do prefeito ACM Neto na capital baiana, que fazem de Salvador um expoente em inovação e tecnologia. É o caso, por exemplo, do Hub Salvador, o maior espaço colaborativo de inovação do Brasil, que serve de base para fortalecer as Startups e fomentar o desenvolvimento econômico da cidade, propiciando a geração de novas oportunidades de trabalho e qualificando o setor tecnológico na Bahia.

O Hub é uma importante ferramenta de aceleração para Startups, funcionando em uma comunidade empreendedora 100% ativa, com o principal objetivo de captar investidores para financiar projetos criativos e fortalecer o ambiente de negócios na capital baiana. Além do Hub, os parlamentares devem visitar também o Espaço Colabore, no Parque da Cidade.

Sobre os trabalhos da Comissão, Roma esclarece que “o colegiado visa criar mecanismos que estabeleça uma base legal sólida e ofereça segurança jurídica, facilitando e estimulando o surgimento de novas ideias e novos empreendimentos no Brasil”. Na capital baiana, os deputados integrantes do colegiado vão debater os principais desafios para o setor no país e já indicar contruibuições para o desenvolvimento dos trabalhos na comissão.

Ainda de acordo com o deputado, “atualmente a burocracia atrapalha muito o cidadão que quer empreender através da criatividade e da inovação, então, o marco legal das startups cria um regramento específico para fortalecer este modelo de negócio, por meio do qual o estado se compromete em dar o suporte e não em dificultar a sua implementação e o seu desenvolvimento”.

Acompanhe nosso mandato:Fique por dentro dos detalhes do nosso mandato, da nossa luta pela Bahia, e esteja sempre bem informado sobre as novidades do Congresso Nacional.