“Estamos todos empenhados em minimizar as mazelas dessa pandemia”, diz João Roma, em Serra Preta

Foto: Max Haack

O ministro da Cidadania, João Roma, participou nesta segunda-feira (5) de um evento em Serra Preta, na região de Feira de Santana, e destacou que o governo do presidente Jair Bolsonaro está empenhado em minimizar as mazelas da pandemia da covid-19. Roma foi ao município para acompanhar a inauguração de uma fábrica de calçados, ao lado do prefeito Franklin Leite (DEM) e de outras lideranças, a exemplo do ex-prefeito de Feira de Santana, José Ronaldo de Caralho (DEM).

Lideranças políticas de outras cidades também participaram do evento, entre eles os prefeitos de Ipirá, Dudy (PSD), e de Santanópolis, Vitor do Posto (PP). Em seu discurso, o ministro baiano parabenizou Franklin pela realização entregue, que irá gerar emprego e renda para moradores da cidade, e destacou ações do governo federal para combater a pandemia e para dar suporte às pessoas que mais precisam.

“Fico muito feliz e quero parabenizar ao prefeito Franklin por essa façanha, esse equipamento construído com recursos próprios da prefeitura e que irá abrigar uma indústria de calçados que vai gerar mais de 160 empregos diretos para a população serrapretense. Sem dúvida nenhuma, num momento em que enfrentamos tantas dificuldades, ver essa obra se concretizar em tempo recorde, num prazo de 90 dias para ser mais preciso, só reforça a minha admiração pelo trabalho que o prefeito e sua equipe tem desempenhado na cidade”, disse Roma, que é parceiro da gestão do prefeito.

Roma afirmou que o momento é de união de esforços para enfrentar e minimizar as consequências da pandemia. “O Ministério da Cidadania é o braço social do governo Bolsonaro, estamos todos empenhados em minimizar as mazelas dessa pandemia, mas também em agir, através da assistência social, para melhorar a vida daquele brasileiro mais vulnerável, que está sofrendo mais no momento”, pontuou, ao reforçar que o governo federal já distribuiu mais de 40 milhões de doses em todos os estados.

Ele lembrou que nesta terça-feira (6) será iniciado o pagamento do Auxílio Emergencial. Em seguida, o ministério irá se debruçar sobre a ampliação e fortalecimento do programa Bolsa Família. “Temos que criar alternativas que deem essa sustentabilidade e que a gente possa cada vez mais estar fortalecendo a caminhada dessas pessoas”, salientou.

Acompanhe nosso mandato:Fique por dentro dos detalhes do nosso mandato, da nossa luta pela Bahia, e esteja sempre bem informado sobre as novidades do Congresso Nacional.