João Roma diz que mais de 1.000 infraestruturas esportiva já foram entregues pelo governo federal

Foto: Julio Dutra

O ministro da Cidadania, João Roma, afirmou nesta segunda-feira (22) que mais de 1.083 infraestruturas esportivas já foram finalizadas e entregues pelo governo federal, ao participar de audiência pública realizada pela Comissão do Esporte da Câmara dos Deputados. O encontro discute o uso da tecnologia nas pequenas e médias empresas e entes governamentais ligados ao setor de esporte.

“A infraestrutura esportiva tem avançado bastante. Temos hoje quase 3 mil contratos ativos, algo que vai além de R$ 2 bilhões em repasses do governo para a área de infraestrutura. Tivemos mais de 1.083 infraestruturas finalizadas e entregues”, afirmou o ministro, que destacou as diversas ações da Secretaria Especial do Esporte, vinculada ao Ministério da Cidadania.

Roma ressaltou que é importante incentivar o uso da tecnologia, “de forma que ela seja aliada para que cada vez mais possamos potencializar essa importante ferramenta de transformação social que é o esporte”. “Ferramenta que busca cada vez mais uma sociedade saudável, que possa sim trilhar caminhos virtuosos, de engajamento, para incluir cada vez mais os diversos brasileiros para possibilitar que eles superem seus limites”, pontuou.

Sobre a Lei de Incentivo ao Esporte, o ministro informou que a fila de prestação de contas foi zerada. “Além disso, tivemos número recorde, com mais de 2.500 projetos novos apresentados para a lei. São ações fundamentais que mostram a importância de políticas públicas vinculadas ao esporte, que tem sido transformador, essencial para nossa sociedade”, salientou.

Auxílio Brasil
O ministro da Cidadania comentou ainda sobre o Auxílio Brasil, que tem diversas ferramentas e vai integrar políticas públicas voltadas para as pessoas em situação de vulnerabilidade, de forma que elas tenham ações que possibilitem transformação social, por meio de regras de emancipação, de incentivos.

“Um exemplo é uma bolsa que pagará até R$ 1.000 para a família que tiver o filho classificado numa olimpíada escolar de matemática ou português, que é a chamada Bolsa de Iniciação Científica. São muitas ferramentas, muitos estímulos, em que nós podemos observar como é importante estar aliando as novas práticas”, afirmou.

Roma também pontuou sobre as Olimpíadas e Paralimpíadas de Tóquio deste ano, que número recorde de concessão de Bolsa Atleta – foram mais de sete mil beneficiados no edital mais recente. Além disso, pontuou o retorno dos Jogos Escolares Brasileiros (JEBs) após 17 anos. “Delegações de todos os estados e Distrito Federal, muitos estudantes, crianças voltando para suas cidades sendo recebidas com carro de bombeiro passeando pelas cidades. Isso atua na autoestima para famílias, um estímulo para nossa sociedade”, disse.

Acompanhe nosso mandato:Fique por dentro dos detalhes do nosso mandato, da nossa luta pela Bahia, e esteja sempre bem informado sobre as novidades do Congresso Nacional.