Memória viva: descendente de Padre Roma, João Roma lembra legado do sacerdote em sessão na Câmara

O parlamentar baiano é descendente do sacerdote, que foi homenageado em 2017 com um monumento no Campo da Pólvora e com uma missa na Igreja de Sant'Anna, onde estão os restos mortais do padre.

O deputado federal João Roma (PRB) lembrou do legado deixado pelo Padre Roma, um dos líderes da Revolução Republicana e executado no Campo da Pólvora no dia 29 de março de 1817.

A menção de João Roma foi feita em sessão especial conjunta, nesta quarta-feira (27), em homenagem aos 470 anos de Salvador e dos 70 do Afoxé Filhos de Gandhy, em parceria com o deputado Daniel Almeida.

“Há dois anos inaugurávamos o monumento, para ali homenagear os heróis que derramaram seu sangue para liberdade e república. Foi naquele momento que pudemos fazer um reconhecimento a esses antepassados, que sempre contribuíram com muito heroísmo, mas que a história sempre deixou à margem do que verdadeiramente aconteceu. Foi graças àqueles acontecimentos que eclodiu a verdadeira independência do Brasil”, discursou Roma.

E o deputado, emocionado, ainda fez questão de mencionar o aniversário de seu primogênito, João Inácio Ribeiro Roma, o Joãozinho, celebrado também nesta quarta-feira.

Texto: Alô Alô Bahia

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*