Em Porto Seguro, João Roma detalha ações do governo federal para mitigar efeitos das chuvas no Extremo Sul

O ministro da Cidadania, João Roma, detalhou neste domingo (12) as ações do governo federal para mitigar os efeitos das chuvas no Extremo Sul da Bahia. Roma integra a comitiva liderada pelo presidente Jair Bolsonaro que visitou neste domingo a região, que tem sido gravemente afetada com pessoas desabrigadas, alagamentos, deslizamentos e regiões ilhadas.

Participam também os ministros Marcelo Queiroga (Saúde), Rogério Marinho (Desenvolvimento Regional) e Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional), além do prefeito de Porto Seguro, Jânio Natal, deputados e outras autoridades.

Em entrevista à imprensa, Roma destacou que equipes da Defesa Civil e da Assistência Social estão na Bahia desde novembro, quando as fortes chuvas começaram, em Itaberaba, e que seguiu para o Extremo Sul. O ministro também se solidarizou com a situação de Amargosa, que também tem sido muito afetada pelo temporal, inclusive com óbitos.

“São muitas ações que estão acontecendo de maneira coordenada por parte do Governo Federal, com toda essa interface entre a Polícia Rodoviária Federal, a Marinha, que mandou dois helicópteros, no campo de operações o Exército, que está deslocando inclusive um batalhão para poder dar acesso à localidades que estão sem possibilidade de contato”, afirmou.

“Toda a parte da Defesa Civil nesta central de controle, o SUS (Sistema Único de Saúde), através do Ministério da Saúde, assim como o SUAS (Serviço Único de Assistência Social) onde estamos mandando aqui mais de 30 mil cestas de alimentos que já estão sendo destinadas com apoio logístico do Exército Brasileiro. Há também toda a parte de acolhimento, são mais de 60 centros de acolhimentos para que a população possa sim ser abrigada”, acrescentou.

João Roma criticou ainda a disputa política por parte de algumas autoridades e defendeu que o momento é de cooperação. “Todas as ações aqui não levam em consideração nenhuma feição política. Então é lamentável que no momento como esse muitas pessoas tentem se utilizar desse da dor da nossa população. O governo do presidente Bolsonaro tem buscado cooperação. Esse não é o momento de disputa político nem ideológica partidária, mas sim de união de forças em defesa do povo baiano”, ressaltou.

O Governo Federal já liberou mais de R$ 5,8 milhões para sete municípios baianos atingidos pelas chuvas. Os recursos são destinados para auxiliar as prefeituras nas ações para mitigar as graves consequências provocadas pelo temporal. Além disso, equipes da Defesa Civil e da Assistência Social estão na região.

Do total de recursos liberados, Eunápolis recebeu R$ 2,1 milhões; Itamaraju, R$ 1,8 milhão; Jucuruçu, R$ 543,7 mil; Ibicuí, R$ 433,9 mil; Ruy Barbosa, R$ 260,1; Maragogipe, R$ 503,8 mil; e Itaberaba, R$ 51,4 mil.

Participe os grupos dos WhatsApp e Telegram de João Roma.

Acompanhe nosso mandato:Fique por dentro dos detalhes do nosso mandato, da nossa luta pela Bahia, e esteja sempre bem informado sobre as novidades do Congresso Nacional.