João Roma defende manutenção da Segurança Pública em ministério comandado por Moro

O deputado federal João Roma (Republicanos-BA) defendeu nesta terça-feira (28) a manutenção da pasta da Segurança Pública no Ministério da Justiça, comandado pelo ministro Sérgio Moro. A recriação de um ministério exclusivo para a área da segurança foi sugerida por secretários estaduais da área e tem sido amplamente discutida nos últimos dias, mas, para Roma, o momento é de integrar ações e estratégias e não de segregar.

“A segurança pública é uma área que tem melhorado. A criminalidade no Brasil diminuiu em mais de 22%. Isso é em virtude de um trabalho que busca integrar as informações e as estratégias no quesito da Justiça. E isso vem sendo feito de maneira eficaz pelo ministro Sérgio Moro. Todo mundo tem a visão dele ainda como juiz da lava jato, mas hoje ele atua no Executivo. É um ministro de Estado que vem desempenhando um trabalho muito importante”, afirmou.

Roma cita, como parte deste trabalho, o recente endurecimento de diversas penas, o que representou a maior mudança na legislação penal no Brasil nos últimos anos. “Acredito que, ao invés de separar Segurança da Justiça, o presidente (Jair Bolsonaro) tem que respaldar mais o ministro Moro, para que ele possa atuar de forma ainda mais eficaz”, disse.

O deputado ressalta que o Ministério da Justiça tem uma função primordial para criar um ambiente saudável e seguro. “Da forma como está, os bandidos é que estão mandando e as pessoas, se trancando dentro de casa. Precisamos realmente endurecer estas penas, ter eficácia nas políticas públicas, e eu acho que é integrando, não fragmentando, que vamos conseguir solucionar estes problemas”, salientou.

Acompanhe nosso mandato:Fique por dentro dos detalhes do nosso mandato, da nossa luta pela Bahia, e esteja sempre bem informado sobre as novidades do Congresso Nacional.